quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Hoje é o Dia Internacional da Síndrome de Asperger

No dia 18 de fevereiro assinala-se o Dia Internacional da Síndrome de Asperger, uma doença do espetro do autismo que se caracteriza por alterações na interacção social, na comunicação e no comportamento do individuo.
De acordo com dados da Associação Portuguesa de Síndrome de Asperger (APSA), "calcula-se que em Portugal existam cerca de 40.000 portadores de Síndrome de Asperger afectando maioritariamente os rapazes".
Através da comemoração desta data pretende-se sensibilizar a população para a doença e promover a integração das pessoas com a Síndrome de Asperger.
Para saber mais, consulte:

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Disability Rights Promotion International ou Promoção Internacional dos Direitos da Deficiência

A Disability Rights Promotion International (DRPI) lançou recentemente a sua nova página na internet com novidades no design da página, na acessibilidade aos conteúdos e na integração das redes sociais e outras ferramentas de comunicação.
A DRPI é um projeto colaborativo que pretende estabelecer um sistema internacional, abrangente e sustentável, com o intuito de monitorizar os direitos humanos das pessoas com deficiência.
Em Portugal, a implementação do DRPI teve início em outubro de 2010, através de um estudo piloto, promovido pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa (ISCSP-UTLisboa), a Fundação Calouste Gulbenkian e o Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P., entidades que desenvolveram o primeiro projeto de monitorização dos direitos das pessoas com deficiência em Portugal.
Para saber mais, consulte:
Disability Rights Promotion International - http://drpi.research.yorku.ca/

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Breve avaliação do ciclo World Café 2014


Com quatro temas, linguagem fácil, turismo acessível, alternativas ao trabalho e vida independente focámos nitidamente o diálogo em torno da inclusão das pessoas com deficiência mental seguindo assim o nosso objetivo de contribuir para a construção de uma cultura comum. Pela metodologia utilizada procurámos pôr todos os intervenientes, as próprias pessoas com deficiência, as famílias, os profissionais e a comunidade; em relação construtiva de um saber partilhado a partir da sua experiência de vida. Podemos afirmar, na base das fichas de satisfação que quase todos os participantes ficaram muito satisfeitos pela partilha e reconheceram a pertinência dos encontros nesta modalidade. Dos resultados concretos, os 15 cartazes elaborados, podemos ainda lançar pistas para alargar a discussão.
Linguagem fácil: simplificar a comunicação não é infantilizar, necessidade de se conhecer uns aos outros, ferramenta pouco conhecida;
Turismo acessível: necessidade de capacitar/formar os profissionais, reforçar as acessibilidades;
Alternativas ao trabalho: ocupação é bom, trabalhar é melhor, dificuldades de adequar as vontades;

Vida independente: criar redes de apoio, reconhecimento da interdependência de todos, possibilidade de escolher.
Está em preparação o Ciclo 2015.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Somos ES+

O Centro de atendimento, acompanhamento e animação recebeu, no dia 21 de Janeiro, a Certificação ES+ no âmbito do Mapa de Inovação e Empreendedorismo Social (MIES), uma iniciativa liderada pelo Instituto de Empreendedorismo Social (IES) e o Instituto Padre António Vieira (IPAV) com financiamento do Compete e co-financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian e a Fundação EDP.
O Júri é composto por representantes destas entidades e presidido pelo Prof Filipe Santos, responsável pelo recém criado Plano Operacional da Inovação Social.
Trata-se da única certificação em Portugal para as boas práticas de inovação e empreendedorismo social.
Estamos de Parabéns!

mies.pt

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Projeto piloto Vida independente

Como sabemos, o Direito à Vida Independente está consagrado na Convenção Internacional para os Direitos das Pessoas com Deficiência.
A concretização deste direito, através de sistemas integrados de assistência pessoal contratualizada diretamente pela pessoa com deficiência, é uma abordagem defendida pela União Europeia e um justo anseio de muitas pessoas com deficiência.
Com o objetivo de conceber, testar e afinar um sistema que poderá mais tarde ser alargado pelo Estado português a todo o território, a CML irá lançar em 2015 um Projeto Piloto. Um projeto de pequena escala, que poderá mais tarde crescer com apoios de outras entidades.
Para recolher a opinião (fundamental) das Pessoas com Deficiência, a CML abriu um processo de Auscultação da Comunidade, que decorre até 3 de Fevereiro de 2015. Informação e contatos disponíveis aqui: http://lisboasolidaria.cm-lisboa.pt/101000/1/001307,022015/index.htm
Para debate, esclarecimento de dúvidas e recolha de contributos serão realizadas sessões públicas, nas seguintes datas:
23 de Janeiro (6.ª feira), das 14h30 às 17h30
29 de Janeiro (5.ª feira), das 17h30 às 20h00.
Todas as sessões terão lugar nos Paços do Concelho (Sala do Arquivo). Para facilitar a organização, agradecemos inscrição prévia por telefone (213 588 693) ou email (vida.independente@cm-lisboa.pt).

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Emprego e autismo

Novo livro editado e publicado pela DAR Resposta - Associação.
Empregar pessoas com Perturbação do Espectro do Autismo é uma realidade possível.
Uma obra dirigida a pessoas com Perturbação do Espectro do Autismo, seus pais e familiares e a empresas, disponível para consulta e download em